+55 16 3513-4600

Novidades

Usina São Martinho - Unidade de Pradópolis

Com mais de 80 anos, a São Martinho S.A construiu sua história na agricultura brasileira baseada no respeito, cultura e tradição, desde a primeira vez que a família Ometto, de imigrantes italianos, produziu açúcar na região de Limeira (SP), em 1932.

O pioneirismo na gestão agrícola transformou a São Martinho em uma das maiores empresas do setor sucroenergético no Brasil.

Com colheitas 100% mecanizadas, as quatro usinas da companhia, localizadas no interior de São Paulo e Goiás, somam uma capacidade aproximada de moagem de 24 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por safra, sendo cerca de 10 milhões de toneladas apenas na Usina São Martinho, em Pradópolis (SP), considerada uma das maiores usinas sucroenergéticas do mundo.

Alinhada à sustentabilidade e à estratégia da companhia em aumentar sua produtividade no campo, a Usina São Martinho adquiriu uma nova caldeira HPB/B&W, com capacidade de produção nominal de 450.000 kg/h de vapor superaquecido a 545 C e pressão de 104 kgf/cm²(g), a partir da combustão do bagaço de cana em leito fluidizado borbulhante. Esta será a maior caldeira BFB (leito fluidizado borbulhante) em operação do mundo queimando bagaço de cana-de-açúcar e uma das maiores do mundo, para queima de biomassa, em geral.

Entre as tecnologias que fazem parte deste projeto, são referências: leito fluidizado borbulhante, ciclo regenerativo e precipitador eletrostático. A HPB foi pioneira em oferecer a inovação do precipitador eletrostático, uma solução que traz alto controle nas emissões ambientais de particulados, trazendo, em consequência, muito baixo impacto social e visual. Em outras palavras, a caldeira, apesar de gerar gases, não emitirá fumaça visível. Ainda, contribui com menor custo de operação e manutenção da planta, não faz uso de água, tem menor consumo de energia e opera mais tempo continuamente. Sendo assim, a HPB consolida a liderança destas tecnologias com mais eficiência, baixo impacto ambiental e maior disponibilidade operacional.

Esta aquisição da São Martinho faz parte do projeto de modernização do seu parque industrial. Na unidade em Pradópolis (SP) já existe uma outra caldeira HPB operando desde 2012 com capacidade de produção de 330.000 kg/h. Esta nova caldeira aumentará a capacidade de geração e exportação de energia da planta.

Em resumo, a importância deste projeto se revela pela magnitude em termos de moagem. A excelência das soluções tecnológicas que serão aplicadas posiciona a São Martinho S.A como empresa de referência no mercado mundial.